Para conseguir uma perda de peso saudável e duradoura é importante investir em bons hábitos alimentares. Para isso, existem diferentes tipos de dietas para emagrecer e cada uma utiliza seu próprio método, de acordo com a finalidade desejada. Fazer uma dieta para emagrecer é adquirir hábitos alimentares com o intuito de perder, manter ou ganhar peso. Para perder peso com saúde, é necessário que o corpo gaste mais calorias do que consome. Por isso, normalmente, dietas são usadas em conjunto com a prática de exercícios físicos para emagrecer. Dicas simples para uma dieta de sucesso - Não fique mais do que 4 horas sem se alimentar - Durma bem. Durante o sono, nosso organismo produz a leptina, hormônio capaz de controlar a sensação de saciedade durante todo o dia - Beba pelo menos 2 litros por dia - Invista na salada. Ela ajuda a enganar o estômago e comer menos nas refeições. Procure verduras e legumes que você goste e não sejam muito calóricos - Prefira os alimentos integrais. Eles contêm mais nutrientes e fibras, que fazem um bem danado para o seu organismo - Evite a ingestão de sal e alimentos com muito sódio, que favorecem a retenção de líquidos - Prefira preparações menos calóricas, como assados, cozidos ou a vapor. Alimentos gratinados, fritos, à parmegiana ou à milanesa devem ser evitados - Procure ajuda de nutricionistas ou nutrólogos - Se exagerar em algum dia, não desista. Recomece novamente no dia seguinte. Sugestões de cardápio para emagrecimento saudável Abaixo vemos a distribuição calórica por refeição baseada em uma dieta de 2000 kcal, composta por 6 refeições diárias. Café da manhã - Invista em frutas, cereais, pães integrais e oleaginosas. Para beber: sucos naturais, água de coco, chás, leite ou café. Um café da manhã ideal pode ter 20% do consumo diário, cerca de 400 kcal. Lanche da manhã - Esta refeição deve ser leve e rápida, com alimentos de baixo índice glicêmico (devagar absorção). Invista em frutas, oleaginosas, alimentos naturais e integrais. Para beber: sucos naturais, chás ou água de coco. O lanche da manhã ideal pode ter 5% do consumo diário, cerca de 100 kcal. Almoço - O prato recomendado para o almoço é dividido em quatro partes: duas partes preenchidas com saladas e legumes, uma parte com fontes de carboidrato e uma parte com fontes de proteína. Para beber: sucos naturais ou chás. O almoço ideal pode ter 30% do consumo diário, cerca de 600 kcal. Lanche da tarde - Faça lanches que contenham carboidrato, proteína e gordura boa. Dê preferência aos alimentos naturais e integrais. Outras boas sugestões são as frutas secas, cereais ou castanhas. Para beber: café, chás ou iogurtes. O lanche da tarde pode ter 15% do consumo diário, cerca de 300 kcal Jantar - Carboidratos, proteínas (de digestão simples), gorduras, vitaminas e minerais devem ser fornecidos adequadamente. Frutas e legumes são bons alimentos para essa refeição. Para beber: sucos naturais e chás. A janta pode ter 25% do consumo diário, 500 kcal Ceia - Escolha um lanche rico em proteína. se quiser, pode adicionar uma fruta, que é um carboidrato leve ou, no máximo, 1 torrada integral. A ceia pode ter 5% do consumo diário, 100 kcal Este exemplo pode variar de acordo com os hábitos alimentares e necessidades de cada indivíduo, mas a partir dele podemos observar que não se deve restringir a alimentação comendo muito pouco em alguns períodos e exagerando em outros.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem